28/02/2021

Neoenergia estimula aprendizagem contínua de colaboradores por meio de plataformas digitais

    pessoas
  • Sim
  • Sim
  • Sim

escritorio-neoenergia*Imagem capturada antes da pandemia de Covid-19 


Distanciamento social acelerou digitalização de experiências de aprendizagem, em programas que estimulam o protagonismo dos colaboradores na própria carreira 

O mundo se transforma cada vez mais rápido com o avanço da tecnologia, e essas mudanças levam à necessidade de profissionais com alta capacidade de inovação. Fomentar o desenvolvimento das competê​​ncias para as novas realidades, por meio de experiências de aprendizagem que respeitam e estimulam as vivências de cada profissional tem sido uma das premissas do desenvolvimento pela Neoenergia​. O objetivo é incentivar o protagonismo dos colaboradores na própria carreira, para isso, a companhia investe em soluções diversificadas para a formação de talentos, como webinars, cursos online e uso de plataformas de jogos. A digitalização desses programas foi acelerada em 2020, quando cerca de 90% das 797 mil horas de treinamento oferecidas aconteceram em formatos virtuais, devido à pandemia de Covid-19​. A perspectiva para o futuro é de manter o foco em jornadas online. 


“Uma das maiores lições de 2020 é que não temos limites para aprender e não há um único formato delimitado. Enxergamos a jornada de aprendizado como algo constante e que vai muito além de uma sala de aula. O desenvolvimento pessoal e profissional é o reflexo do quanto conseguimos reter e aplicar os conhecimentos em nossa vida e dentro da organização. É fortalecendo e sustentando os conceitos e metodologias de aprendizagem contínua e promovendo experiências que estimulem o protagonismo do próprio colaborador que a companhia visa crescer cada vez mais e estar sempre preparada para os desafios do futuro”, afirma a superintendente de Desenvolvimento Organizacional e Cultura da Neoenergia, Régia Barbosa. 

Entre as formações digitalizadas nos últimos anos, a companhia disponibiliza cursos de idiomas online para todos os seus cerca de 12 mil colaboradores, com aulas de inglês, espanhol e francês. Além disso, realiza programas de treinamento para áreas de atuação específica ou o desenvolvimento sobre competências gerais. Criatividade e mindfulness são alguns dos temas abordados, dialogando com tendências fora do mundo virtual. Este ano, serão oferecidas atividades sobre assuntos como metodologias ágeis, diversidade e vieses inconscientes, por exemplo. 

Com a estratégia de diversificar as formas de aprendizagem, a companhia utiliza outras ferramentas para disseminar informações e estimular o desenvolvimento dos profissionais. Um exemplo é o envio de pílulas de conhecimento pelo WhatsApp, por meio da iniciativa WhatsNeo. Em outras ações, já foram utilizadas plataformas de gamificação, incluindo quizzes e enquetes, como na Semana da Cibersegurança, realizada em setembro do ano passado, que contou com uma parceria com a plataforma Hackers Hangers para promover a cultura de segurança da informação por meio de jogos. 

A trocas de experiências e a prática também são importantes formas de aprender. Em 2020, foram promovidas atividades de formação para mais de 100 colaboradores da empresa que já atuam como multiplicadores de conhecimentos. A Neoenergia também criou no ano passado o programa Desenvolts, que contou com cinco webinars sobre o negócio de energia no Brasil realizados por videoconferência por líderes da própria empresa, como uma forma de mostrar na prática como funcionam os negócios. Todas as iniciativas têm atividades programadas para continuar ao longo de 2021. 

“Buscamos pensar no processo de aprendizagem como um todo, com soluções mais orgânicas e foco na prática. Em um momento em que diversas atividades profissionais ganham cada vez mais automatismo, é importante estimular funções essencialmente humanas, como criatividade e pensamento crítico. Essa é uma oportunidade de trabalhar atividades e competências comportamentais que casam com a evolução digital, o que é um diferencial daqui para a frente e demonstra que somos uma empresa conectada e que se antecipa às tendências e às demandas do mercado”, afirma a gerente de Treinamento na Neoenergia, Christiane Tavares. 

Projetos se estendem para toda a companhia 

A cultura de aprendizagem a partir da multiplicação dos conhecimentos faz parte da companhia. Um exemplo foi a realização de palestras e webinars online sobre conteúdos relacionados ao tema de mudança do clima para os colaboradores, em 2020. A iniciativa começou por meio de um projeto piloto pioneiro no setor elétrico brasileiro: a elaboração e aplicação de uma metodologia de avaliação de risco climático na usina Termopernambuco (Termope). Além de ter resultado em uma orientação à adaptação ao risco climático para os negócios da empresa, o projeto contou também com eventos de capacitação in company, ministrados por professores titulares da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pesquisadores do Centro Clima, ligado ao Programa de Pesquisa Energética da universidade (PPE/COPPE/UFRJ). 

O professor Emilio La Rovere, referência global em pesquisas sobre mudanças climáticas, ficou à frente de três palestras sobre a mudança global do clima, riscos e oportunidades para o setor de energia e precificação de carbono para o setor elétrico. Foram promovidos também webinars com outros cientistas sobre gestão do risco climático, análise hidrodinâmica e cenarização climática. 

“Os eventos de capacitação tiveram o objetivo de promover o tema de resiliência climática, que é muito importante para o mercado de energia no cenário atual, e criar massa crítica para a atuação em nossas áreas de negócios e corporativas. Depois da Termope, outros negócios da companhia em renováveis, transmissão e distribuição receberão projetos de adaptação ao risco climático, o que demonstra a importância de formar toda a empresa sobre o tema”, afirma Adriana Nascentes, especialista da Superintendência de Inovação, Sustentabilidade, Qualidade e Meio Ambiente na Neoenergia. 

Após os eventos, seus vídeos e apresentações foram publicados na Plataforma Global de E-learning (GEP, na sigla em inglês), uma das ferramentas utilizadas pela empresa, que disponibiliza aulas e cursos oferecidos mundialmente para todos os profissionais do grupo Iberdrola, acionista controlador da Neoenergia. A ferramenta permite o acesso pelo computador ou pelo celular a conteúdos sobre diversas áreas relevantes para a carreira e a empresa, como tecnologia e sustentabilidade. Dessa forma, os colaboradores podem acompanhar os materiais nos horários e no ritmo mais adequados para a sua realidade, como forma de incentivá-los a serem protagonistas da própria carreira. ​


Quero:

Informações Relacionadas