Usina da Neoenergia usa câmera térmica para diminuir riscos de propagação do coronavírus em ambiente de trabalho

  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

A Termopernambuco, a usina termoelétrica do grupo Neoenergia, tem utilizado uma tecnologia de ponta para encorpar seu arsenal de medidas preventivas para combater o coronavírus​. A empresa instalou uma câmera que mede a temperatura corporal de seus colaboradores para detectar pessoas que possam eventualmente apresentar febre, um dos sintomas do COVID-19. O procedimento de controle da temperatura é realizado diariamente, antes do início da jornada de trabalho. 

O uso da tecnologia é apenas uma das medidas adotadas pela Termopernambuco para diminuir os riscos de propagação do coronavírus. A usina promove também outras ações para criar um ambiente de trabalho saudável e seguro para seus colaboradores e assegurar que a operação da usina continue operando normalmente. Confira algumas delas:  






icone_1.jpeg

​Criação de fórum online de discussão com outras empresas do Porto de Suape para compartilhar boas práticas de combate à dissemin​​ação do coronav​írus.

icone_1.jpeg

​Criação de fóruns de discussão para sensibilizar colaboradores sobre a importância de​​ adotar hábitos saudáveis de higiene.

icone_2.jpeg





​​​Implementação de jornada de trabalho remoto para parte de seus colaboradores.




icone_4.jpeg
Compra de 100 kits para testes de coronavírus e distribuição de mais de 3.000 máscaras. O uso das máscaras passou a ser obrigatório.
icone_3.jpeg
Construção de quatro novos lavatórios na entrada da usina. A higienização das mãos no começo do expediente é obrigatória​.
icone_7.jpeg
Instalação de sinalizações no chão para que distância de segurança (1,5m) seja respeitada entre os colaboradores. O procedimento foi feito nos refeitórios, nas estações de trabalho e nas filas de entrada na usina.
icone.jpeg




​Distribuição de álcool gel com bactericida e desinfetante hospitalar.

icone_1.jpeg
Procedimento semanal de desinfecção de todos os ambientes internos. É feito por empresa especializada em limpeza.




Tudo isso só foi possível graças ao esforço realizado pela Neoenergia para instaurar um comitê responsável por avaliar, debater e implementar as diretrizes de atuação da usina termoelétrica em tempos de pandemia. Para Hugo Nunes, diretor de negócios liberalizados da Neoenergia, a decisão de montar um grupo exclusivo para o assunto foi essencial para garantir as condições adequadas de operação do empreendimento. "A energia produzida pela Termopernambuco é um serviço essencial para a população, especialmente no cenário que vivemos. Nós sabíamos que o sucesso da operação dependia da nossa capacidade de resposta e, por isso, não hesitamos em criar um fórum exclusivo para tomar as medidas cabíveis", afirma o executivo.                                                                                              



 







​David Benavent, diretor-presidente da Termopernambuco, acredita que todas as ações implementadas na usina serão fundamentais para transformar o comportamento de colaboradores, empresas e moradores do Porto de Suape, região do sul de Pernambuco em que o empreendimento está instalado. "Acreditamos que desenvolver ações como essas nos trazem benefícios que vão muito além da garantia da segurança no ambiente de trabalho da Termope. Servem também para disseminar a cultura da prevenção entre os colaboradores e seus familiares e amigos. E ainda contribuem para mudar o estilo de vida das pessoas, que passam a atuar como multiplicadores dentro da sociedade em geral."​

A IMPORTÂNCIA DA ENERGIA TÉRMICA PARA A MATRIZ ENERGÉTICA DO BRASIL

A continuidade da operação da Termope cumpre um papel estratégico para a malha elétrica do país inteiro. A usina termoelétrica da Neoenergia é extremamente importante para assegurar a estabilidade do sistema e garantir a segurança no fornecimento de energia no Brasil. O empreendimento é responsável por produzir cerca de 25% de toda a energia distribuída em Pernambuco, sendo muito relevante para a matriz energética do nordeste brasileiro​.








​ 
 













Quero:

Informações Relacionadas