Iberdrola e o orgulho em apoiar estrelas

  • Sim
  • Sim
  • Sim


 

O Grupo Iberdrola, do qual a Neoenergia faz parte, possui uma longa história de apoio a projetos que promovam o empoderamento feminino. Com mais de 330 mil atletas apoiadas em diversos países, a empresa é a maior incentivadora da mulher no esporte europeu.

Em 2016, em acordo com o Ministério da Educação, Cultura e Esporte, se converteu no principal impulsor do programa Universo Mujerum plano integral para o desenvolvimento da mulher​ e sua evolução pessoal dentro da sociedade. A Iberdrola se destaca ainda como a principal empresa parceira-patrocinadora da Seleção Nacional Feminina, das Seleções sub-19 e sub-17, da Copa da Rainha e da Primeira Divisão do Futebol Feminino - a Liga Iberdrola.

Em 2019, renovou seu compromisso com o projeto, e continuou oferecendo apoio a diferentes federações nacionais. São 16 federações de esporte feminino apoiadas: atletismo, badminton, handebol, boxe, esportes praticados no gelo, esgrima, futebol, ginástica, hóquei, karatê, rugby, canoagem, triatlo, pingue-pongue, surfe e voleibol.

O projeto foi reconhecido como Melhor Iniciativa de Futebol Feminino na última edição do World Football Summit.

PRINCIPAIS CONQUISTAS

Entre os muitos orgulhos que o projeto carrega, algumas recentes conquistas ganharam destaque no mundo inteiro:

  • Recorde mundial de público em um jogo de futebol feminino na Liga Iberdrola de 17 de março de 2019: Atlético de Madrid-Futbol Club Barcelona, 60.739 espectadores.
  • As Leoas, campeãs da Europa de rugby 2019 pelo quarto ano consecutivo. No dia 29 de março de 2019, a seleção de rugby XV venceu com facilidade por 54-0 a Holanda em um encontro que também se converteu em um marco por ser o jogo de rugby feminino com mais espectadores na Espanha.
  • Sandra Sánchez, campeã do mundo de karatê 2018 e campeã da Europa de karatê 2019 pelo quinto ano consecutivo.
  • Ana Peleteiro, campeã da Europa de salto triplo em ginásio coberto e recorde da Espanha em atletismo graças a um salto de 14,73 metros que entrou para a história.
  • Joana Pastrana, campeã do mundo de boxe pela terceira vez em 2019.
  • Carolina Marín, campeã da Europa e do Mundo de badminton pela terceira vez em 2018. 
  • Teresa Portela, medalha de ouro de canoagem nos Jogos do Mediterrâneo 2018 (modalidade K1 200 metros).

O ESPORTE COMO ATOR SOCIAL

Apoiar o esporte é uma maneira estratégica de reforçar a autoestima, ganhar confiança e gerar ídolos. Na Espanha, o número de esportistas femininas aumentou 32%  nos primeiros três anos, e o esporte está mais competitivo do que anos atrás. 

As estrelas se tornam referências para outras mulheres e meninas, gerando um ciclo virtuoso de empoderamento feminino. O Programa Universo Mujer já ajudou mais de 20 mil esportistas, e o programa "Mujer, Salud y Deporte", em 2018, chegou a 80 mil pessoas.

 

NEOENERGIA E O FUTEBOL BRASILEIRO

Assim como o Grupo Iberdrola​, a Neoenergia reforça seu compromisso com a promoção do talento, da igualdade de gênero e o desenvolvimento social, que são pilares da companhia. Seu respaldo a valores como o trabalho em equipe e a superação se materializa através de diferentes projetos.

Em 2021, a empresa se tornou a primeira patrocinadora exclusiva da Seleção Brasileira Feminina. O patrocínio se estende também às seleções sub-19 e sub-17 e ao campeonato nacional – o Brasileirão Neoenergia de Futebol Feminino.

Em suas equipes corporativas, a companhia conta atualmente com 43% de mulheres, sendo que na Diretoria Executiva a proporção é de 44% de presença feminina. O objetivo é que os números percentuais sejam ainda mais expressivos nos próximos anos.

Conheça os projetos da Neoenergia no Fomento à Igualdade de Gênero.

Quero:

Informações Relacionadas