09/06/2021

Mario Ruiz-Tagle: Igualdade em todos os campos como estímulo ao crescimento dos negócios

    futfem


  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​

Por Mario Ruiz-Tagle*

A pandemia nos trouxe muitas lições, acelerando processos de mudança e inovação, tanto de tecnologias quanto em relação à sociedade. Precisamos reforçar o entendimento de que as empresas  devem ter um compromisso social além do core business. A partir de iniciativas em prol da sociedade, como a geração de empregos de qualidade, investimentos robustos, desenvolvimento econômico e sustentável, fomento à diversidade e responsabilidade social, além de diversas outras ações relevantes para o País e o mundo, podemos nos posicionar como protagonistas da transformação social. É o que cultivamos, por exemplo, na Neoenergia, onde somos mais de 38 mil colaboradores diretos entre próprios e terceiros e mais de 100 mil indiretos em todo o território nacional. O compromisso com nossos mais de 15 milhões de clientes, sociedade e acionistas são traduzidos não apenas em nossos negócios, mas também por meio de ações sociais e boas práticas cultivadas ao longo de nossa trajetória.

Temos um arrojado plano de investimento para os próximos anos. Somente em 2021 vamos investir aproximadamente R$ 10 bilhões em expansão das nossas redes, na qualidade de serviço, em novas linhas de transmissão e na construção de parque eólicos e fotovoltaicos. Nesse contexto, a diversidade é um dos caminhos mais importantes e, consequentemente, a inclusão, democratização, igualdade e equidade, são nossas prioridades quando falamos em oportunidades. Os incentivos a esses temas e ao respeito às diferenças estão pautados em nossas ações diárias, como o Programa de Diversidade que conduzimos, visando um ambiente de trabalho mais inclusivo, diverso, propício ao empoderamento e de combate ao preconceito.

Além disso, como reforço ao compromisso que firmamos com a Agenda 2030 da ONU, em especial os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, entre eles o ODS 5, que trata da Igualdade de Gênero, acabamos de anunciar um programa de apoio ao esporte feminino  inédito, exclusivo à Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Somos a primeira empresa a apoiar exclusivamente a seleção feminina e o Campeonato Brasileiro dessas atletas, que agora leva o nome de “Brasileirão Feminino Neoenergia”.

Entendemos muito de redes elétricas e de transmissão de energia, e agora passamos a traçar outra rede, invisível, mas igualmente sólida, para unir todos os que contribuem no avanço rumo à igualdade em um âmbito de tanto impacto quanto o esporte. Compartilhamos com essas jogadoras os mesmos valores como esforço, superação, profissionalismo e trabalho em equipe. Acreditamos na igualdade em todos os campos. Trata-se de um direito primordial e um dos fundamentos essenciais para construir um mundo mais justo e próspero para todos.

A iniciativa reflete o apoio e promoção das transformações para avançar em direção ao ideal de sociedade que buscamos, incentivando o empoderamento e a autonomia a todos os grupos. São princípios que norteiam a companhia e a equidade entre homens e mulheres é parte essencial do nosso caminho. A diversidade é estimulada e promovida entre os colaboradores da Neoenergia. Hoje, 43% das nossas equipes corporativas são compostas por mulheres e, na Diretoria Executiva, elas representam 44%.

Em um setor ainda predominantemente representado por homens, nossas práticas de ESG representam o que nos move para sermos cada dia melhores, como empresa e agentes transformadores. Por meio do Instituto Neoenergia, conduzimos projetos como o Impactô Mulheres – que capacita líderes de ONGs em todo o Brasil, possibilitando a continuidade de projetos e negócios de impacto, e o Prêmio Inspirar –  reconhecimento focado em iniciativas culturais e artísticas lideradas por mulheres em comunidades do Rio de Janeiro e de Pernambuco. Nos estados das nossas distribuidoras, criamos a Escola de Eletricistas, um estímulo à participação feminina com turmas exclusivas para formar eletricistas mulheres, e tendo como desafio reduzir a predominância masculina na profissão. O projeto foi reconhecido pelo WeEmpower, programa da ONU Mulheres junto à Organização Internacional do Trabalho (OIT) e à União Europeia para estimular boas práticas das empresas. Sabemos que a capacitação e a independência financeira são uma das principais formas de empoderamento e, por isso, promover condições iguais no acesso ao mercado de trabalho é essencial.

É importante ressaltar que essas ações não visam apenas a criação de oportunidades momentâneas, mas sim a consolidação de um princípio da companhia que busca ser cada vez mais diversa, inclusiva, e capaz de atrair e reter os melhores talentos. Acreditamos em processos seletivos mais inclusivos, na formação de líderes atentos à diversidade, em ações para empoderamento e no combate ao preconceito.

Na Política de Igualdade de Oportunidades e Conciliação da Neoenergia não cabem discriminações por raça, cor, idade, sexo, estado civil, ideologia, opiniões políticas, nacionalidade, religião, orientação sexual ou qualquer outra condição pessoal, física ou social entre os profissionais. Para construir essa cultura, é fundamental que a companhia explore e discuta o tema com liberdade e propriedade entre os colaboradores. O público interno é o nosso principal termômetro nesse processo. Cabe às organizações informar, esclarecer, conscientizar e permitir que se sintam à vontade para serem quem são, com liberdade e acolhimento.

Temos como dever abraçar as diferenças, entender que contribuem para nossa evolução e que promover um ambiente inclusivo e diverso beneficia todo o ecossistema corporativo. Gerar oportunidades de forma inclusiva é, sem dúvida, o que queremos para o nosso País. Na Neoenergia, posso afirmar que essa é uma das nossas prioridades, assim como os investimentos expressivos para transição energética e crescimento da energia limpa. Juntos somos capazes de transformar nosso meio e inspirar outros agentes a contribuir ainda mais para alcançarmos o que o mundo anseia.

*Artigo escrito por Mario Ruiz-Tagle, CEO da Neoenergia

 


Quero:

Informações Relacionadas