Foto de cima do hospital com placas solares

Neoenergia inaugura nova usina solar no Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP)

27/12/2022
27/12/22

Foto de cima do hospital com placas solares

A iniciativa proporcionará uma economia de cerca de 23,4% do consumo anual do hospital, o que significa uma redução aproximada de R$ 390 mil no custo de energia elétrica da instituição por ano

A Neoenergia Pernambuco e o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) inauguraram, nesta terça-feira (27), a usina solar instalada na instituição, localizada na Avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro, no Recife. Apenas para se ter uma ideia do tamanho do empreendimento, foram instalados 910 módulos no local. Este é o maior projeto já realizado pela distribuidora pernambucana em unidades de saúde no Estado. A usina terá capacidade de gerar 491 kW-pico, com uma geração anual estimada em 778.615 kWh/ano, o suficiente para abastecer 6.200 residências durante 30 dias. A iniciativa proporcionará uma economia de cerca de 23,4% do consumo anual do hospital, o que significa uma redução aproximada de R$ 390 mil no custo de energia elétrica da instituição por ano. A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética da Neoenergia Pernambuco, regulado pela ANEEL.

Estiveram presentes à inauguração a diretora vice-presidente de Regulação, Institucional e Sustentabilidade da Neoenergia, Solange Ribeiro, o diretor de Relações Institucionais do grupo, João Paulo Rodrigues, o presidente da Neoenergia Pernambuco, Saulo Ribeiro, a superintendente geral do HCP, Claudia Barbosa, e parte da direção da unidade de saúde, entre eles os superintendentes de controladoria, Josenildo Martins Sá, técnico, Genildo Lira, e o financeiro, Luiz Caetano.

“Eficiência energética é um dos principais tratamentos que podemos oferecer a instituições como o HCP, agregando sustentabilidade financeira e ambiental. Aqui estamos mostrando que a parceria público-privada pode gerar benefícios importantes para a população. O HCP promove um atendimento singular para os pernambucanos e faz um trabalho incrível, por isso estamos tão felizes em encontrar soluções para que a instituição permaneça prestando o serviço tão importante como o que presta aos seus pacientes", afirmou Solange Ribeiro.

“O projeto do HCP é relevante para a Neoenergia Pernambuco na medida em que este é um dos nossos maiores projetos de geração solar no Estado. São 910 placas que vão gerar energia suficiente para abastecer um quarto do consumo da unidade de saúde. É um orgulho estarmos nesta parceria, contribuindo diretamente para a melhoria de uma atividade tão relevante para a sociedade pernambucana", comentou Saulo Cabral.

Para a inauguração desta terça-feira (27), as equipes da Neoenergia passaram 120 dias trabalhando na instalação da usina, que ocupará uma área total de 2.351m², cerca de 70% do telhado. Cada um dos 910 módulos possui uma potência de 540Wp. “O Hospital de Câncer de Pernambuco é reconhecidamente uma referência no setor de saúde no Brasil. A instalação dessa usina vai contribuir diretamente para uma melhor eficiência energética da unidade, assim como uma economia considerável de recursos que certamente serão aportados em outros locais que podem ajudar ainda mais no tratamento dos pacientes", disse João Paulo Rodrigues.

“A Neoenergia, através do Projeto de Eficiência Energética, traz uma importante contribuição para a sustentabilidade ambiental, além de uma economia no consumo de energia, reduzindo o custo das contas mensais e oportunizando mais investimento no tratamento e bem-estar do paciente oncológico", comemora a superintendente geral do HCP, Cláudia Barbosa.

Esta não será a primeira ação da Neoenergia Pernambuco junto ao HCP. Em 2019, a distribuidora substituiu aproximadamente 2,5 mil lâmpadas ineficientes por novas, de LED, em toda a unidade de saúde. Além disso, o Hospital faz parte da Conta do Bem, onde os clientes da Neoenergia Pernambuco podem realizar a doação de qualquer valor na própria fatura de energia elétrica.

A ação junto ao HCP não é uma iniciativa isolada da Neoenergia Pernambuco. A distribuidora já promoveu a substituição de lâmpadas em centenas de prédios públicos do Estado e construiu usinas em locais como TRF-5, AACD, Hospital da Mulher do Recife, Hospital Armindo Moura, Hospital Dom Tomás, Fundação Terra, entre outros.

Desenvolvimento sustentável

A instalação da usina solar no HCP está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável números 7 (energia limpa e acessível), 11 (cidades e comunidades sustentáveis) e 17 (parcerias e meios de implementação).

Barra verde com a frase "O Futuro a gente faz agora!"
 

 

 

 

 

Notícias relacionadas