Relatório de Biodiversidade

  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​

Iberdrola, grupo espanhol que controla a Neoenergia, divulgou seuRelatório Global de Biodiversidade, publicado a cada dois anos. O documento inclui as iniciativas do Grupo Neoenergia. Nele, foram levantadas mais de 1.450 ações globais relacionadas à proteção da biodiversidade. O objetivo é não apenas mitigar os efeitos, como também contribuir positivamente para os ecossistemas. O resultado são ações que evitam e/ou minimizam o impacto no meio ambiente.



Neoenergia segue na mesma linha e é uma das poucas empresas brasileiras a possuir uma política exclusiva voltada para a biodiversidade. Criada com o objetivo de conservar o ecossistema como condição essencial para a sustentabilidade global, a iniciativa prevê, entre outras coisas, integrar a preservação da diversidade biológica na estratégia e tomada de decisões da companhia.

Dessa forma, ao realizar qualquer instalação, a empresa aplica uma série de planos e programas ambientais que permitem conhecer, de forma detalhada, toda a composição da fauna e flora do entorno. Isso permite a definição das ações de conservação do ecossistema.

No desenvolvimento da usina hidrelétrica de Baixo Iguaçu, inaugurada em 2019, por exemplo, foi acordado com o órgão ambiental a criação de um corredor de biodiversidade que contribuirá com a conservação das espécies e com a melhoria da qualidade da região. Assim, serão plantadas espécies nativas que interligam as áreas florestais remanescentes as de conservação permanente da usina e aquelas protegidas no Parque Nacional do Iguaçu.

Durante o processo de licenciamento ambiental de usinas hidrelétricas, subestações, linhas de distribuição, linhas transmissão e parques eólicos, a Neoenergia já realizou o plantio de mais de 2,5 milhões de espécies nativas.​

​​


Quero:

Informações Relacionadas