​​Nosso garoto propaganda

  • Sim
  • Sim
  • Sim
Dentre os eletricistas da Coelba, Adriano Menezes de Oliveira é um dos mais novos. Não de idade, pois já tem 32 anos bem vividos e prestes a avançar mais uma casa no dia 20 de outubro. É novo na empresa, entrou há um ano e sete meses realizando, assim, um sonho, pois atuava antes por uma empreiteira que prestava serviço à distribuidora. Sempre se destacou pela dedicação e qualidade do trabalho com Linha Viva na manutenção da distribuição na regional do centro do estado. Inscreveu-se no vagas.com e, na primeira oportunidade, a Coelba o contratou.



Tudo começou anos atrás quando, após concluir o segundo grau, e orientado por um tio, foi fazer o curso de eletricista em Goiânia, onde passou três meses e 20 dias estudando com afinco, longe da família. Retornou à Bahia e logo conseguiu emprego como eletricista de Linha Viva numa empreiteira da Coelba atuando em Santo Antonio de Jesus.


“Quando a gente entra nesse mundo da energia elétrica, se apaixona. Eu sonhava com as manobras, como ia trocar a cruzeta, por onde ia começar o trabalho, o passo a passo passava pela minha cabeça”, conta Adriano, que ressalta a importância do comportamento seguro: “Com energia elétrica, você não pode errar. Não basta ser 99% tem que ser 100%, ainda mais com Linha Viva. Segurança é tudo”.


Adriano orgulha-se do trabalho que realiza e da família que construiu. É casado há 15 anos com Ana Clécia, que atua na área da educação e faz o curso superior de Pedagogia. Segundo ele, uma excelente cozinheira: “Se ela resolver cozinhar capim, o capim será bom, será um bom prato”. Adriano divide com a companheira, a criação da pequena Bruna, de seis anos. “A alegria da casa”, diz ele emocionado.


Para ele, que atua com manutenção da distribuição e é acionado pela Prontidão quando há interrupção do fornecimento de energia, a maior alegria vem quando restabelece a energia e vê a satisfação nos olhos dos moradores, dos clientes da Coelba, principalmente daqueles que vivem em localidades distantes dos centros urbanos: “O mais gratificante é isso, é ver a felicidade do povo, é o que me move. Numa primeira chave que aciono posso religar, por exemplo, de uma única vez, uns 500 clientes. Nessa hora eu sinto a importância do meu trabalho”, fala orgulhoso.


Tranquilo, sorridente, brincalhão, Adriano adora resenhar com os colegas e, numa dessas resenhas, disse que um dia ainda seria garoto-propaganda da Coelba, ia ver a foto dele estampada em dezenas de outdoor pelas ruas de Feira de Santana. Fazer parte dessa campanha em homenagem aos eletricistas do Grupo Neoenergia, estar na exposição, nos cartazes, na nossa intranet, certamente já é um bom começo do nosso garoto-propaganda.





Quero:

Informações Relacionadas