Segurança no São João

  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​​​​​​

Em época de festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. As distribuidoras do Grupo Neoenergia (Coelba, Celpe, Cosern e Elektro) alertam para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. As distribuidoras advertem para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

Neoenergia ressalta que ligações provisórias de energia para arraiais, barracas de comidas típicas e de fogos de artifícios podem ser executadas apenas por profissionais das concessionárias. Ligações clandestinas, além de colocar em risco a vida de pessoas e prejudicar o fornecimento, é crime previsto no Código Penal Brasileiro.

A montagem e instalação de barraquinhas, camarotes, arquibancadas e palcos deve respeitar a distância de segurança da rede elétrica. Para esses tipos de estruturas metálicas são exigidos aterramentos elétricos. A recomendação é que esses serviços somente sejam executados por empresas habilitadas.

Outro alerta da Neoenergia​ é com o perigo de soltar balões. A brincadeira pode provocar incêndios ou acidentes graves se os balões caírem sobre redes de distribuição elétrica ou ainda sobre subestações de energia.

As distribuidoras também apontam cuidados nas residências. É sempre necessário evitar o uso de extensões e benjamins de forma permanente. Nunca se deve manusear equipamentos eletroeletrônicos como aparelhos de som, freezers ou geladeiras com o corpo molhado. A Neoenergia ressalta que todos esses equipamentos precisam estar devidamente aterrados.

Ainda dentro de casa, é importante respeitar os pontos de contato com a energia. Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras. Além de choques elétricos, essa prática pode provocar incêndios.

https://www.neoenergia.com/pt-br/te-interessa/cultura/PublishingImages/fotos/sao-joao-bandeirinhas.jpgDICAS DE SEGURANÇA:

  • Mantenha distância da rede elétrica e não solte fogos de artifício em direção à postes e cabos de energia. Eles podem causar curto-circuito, interrompendo o fornecimento de energia da localidade;

  • Enfeites de ruas e praças com as típicas bandeirolas, faixas e outros adereços devem ser produzidos com materiais não condutores de eletricidade e não podem ser fixados próximos da fiação elétrica. Jamais devem ser amarrados aos postes ou mesmo aos fios condutores de eletricidade.

  • Soltar balões é crime, além de ser uma brincadeira de altíssimo risco, especialmente se o balão entrar em contato com um fio energizado ou cair dentro de alguma subestação. Nesse último caso, há riscos de explosões.
  • Em casos de ligações provisórias de energia para o suprimento das instalações elétricas de arraiais ou barracas que comercializam comidas típicas e fogos de artifício, o serviço apenas pode ser executado por profissionais.
  • Ligação clandestina (gato ou macaco de energia) além de sobrecarregar o sistema, representar risco de curto-circuito e acidentes graves, é crime previsto no Código Penal Brasileiro.
  • Fogueiras não devem ser construídas embaixo ou próximo à rede elétrica. O calor das chamas pode superaquecer a rede, provocando rompimento da fiação.

  • A montagem de palhoças, barracas e arraiais deve ser feita com a utilização de produtos de difícil combustão, em virtude do risco de incêndio.
  • Sempre mantenha a distância de segurança de, no mínimo, dois metros abaixo ou lateralmente às redes elétricas, principalmente quando for manusear peças e vergalhões, por exemplo.
  • Os locais de festas devem observar requisitos de proteção, como a utilização de disjuntores adequados para a carga instalada, cálculo da bitola dos fios e instalação dos aterramentos em todos os circuitos. Os fios devem estar devidamente isolados, para que não entrem em contato com as estruturas dos palhações, especialmente as metálicas.













Quero:

Informações Relacionadas