04/03/2021

Laboratório de Inovação da Neoenergia cria soluções e atrai jovens talentos

    inovacao
  • Sim
  • Sim
  • Sim



Lab-Inovacao-Jovens​Fomentar a agilidade, desenvolver talentos e promover um ambiente de maior experimentação no âmbito da inovação aberta são marcas da Neoenergia. Pensando nisso, a Superintendência de Inovação e Sustentabilidade lançou um laboratório para exploração de desafios e desenvolvimento de soluções funcionais. O projeto, iniciado na Celpe, concessionária da Neoenergia em Pernambuco, possui abrangência corporativa, atendendo a todos os negócios da companhia. 

O LabNeo, como é chamado, envolve estagiários em desafios reais da companhia e tem como missão estimular as áreas a explorarem os seus desafios sob o prisma da inovação e agilidade. O projeto possibilita novos caminhos para a resolução dos problemas a um custo mais acessível, em ciclos de criação curtos e entrega de valor constante., afirma o gerente de Inovação da Neoenergia, Bruno Melchior. 

Iniciado no fim de 2020, o projeto conta com a parceria da CESAR School, escola de inovação localizada no Porto Digital do Recife (PE). Atualmente, possui três desafios em curso, atendendo às demandas da área de Renováveis, Controles Internos e Relações Institucionais. 

Atração de talentos 

Além de priorizar a inovação, o LabNeo tem o objetivo de mobilizar estudantes interessados em impulsionar sua carreira por meio da atração e formação de jovens talentos. Nessa primeira etapa, o projeto é composto por dez estagiários (sete de Ciências da Computação e três do curso de Design). Durante o desenvolvimento das soluções, os estudantes participam de mentorias de negócios e de imersões na empresa, sempre com um especialista da área beneficiada que acompanha toda a jornada. 

Muitas das soluções podem ser desenvolvidas com as ferramentas existentes dentro da própria Neoenergia. Além disso, importante destacar que as áreas beneficiadas estão posicionadas no centro do processo de inovação, validando todas as etapas de forma ágil e contribuindo na assertividade final dos projetos., declara o analista de Inovação da Neoenergia e mentor do lab, Samuel Sousa. 

Hiago da Silva é um dos estagiários da Neoenergia que participa do LabNeo. Estudante do 5º semestre do curso de Ciências da Computação, ele vê na experiência uma excelente oportunidade. É incrível estar inovando em uma empresa do tamanho da Neoenergia. Tem sido bastante desafiador e enriquecido muito o meu desenvolvimento, tanto profissional quanto pessoal, pois tenho adquirido habilidades técnicas e emocionais. Coloco na prática aquilo que aprendi na faculdade, participando do desenvolvimento da solução do início ao fim, além de adquirir experiências em inovação e tomada de decisões, afirma o estudante. 

Sentir que tem o trabalho valorizado é um dos estímulos da estagiária Anna Rafaela Carvalho em participar do LabNeo. Ela está no 6º semestre do curso de Design e participa da mesma equipe de Hiago no desafio voltado ao monitoramento de reuniões externas. Ter pessoas que acreditam no que estamos fazendo enquanto estudante é muito rico, pois não é todo estagiário que tem uma voz tão grande como a que estão nos dando na Neoenergia. O interesse da companhia em investir na inovação é perceptível e estamos participando ativamente disso, em reuniões diárias de trocas de ideias e suporte, além da oportunidade de ser a primeira turma do LabNeo e construir em conjunto os processos e adaptações do projeto, conclui. 




Quero:

Informações Relacionadas