15/10/2020

Neoenergia renova iluminação de 17 instituições federais e estaduais de ensino superior em quatro estados

    eficientizacao energetica
  • Sim
  • Sim
  • Sim


 

Quase 140 mil lâmpadas LED foram instaladas pela Neoenergia em 17 Instituições Federais e Estaduais de Ensino Superior localizadas na Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo. Os números se referem às trocas realizadas entre maio de 2019 e outubro de 2020 nos quatro estados. A iniciativa faz parte do projeto de Eficientização de Edificações, que integra o programa de Eficiência Energética das distribuidoras da Neoenergia - Coelba, Celpe, Cosern e Elektro - regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Com as intervenções, as instituições obtêm uma economia média de 40% no consumo de energia no sistema de iluminação.

O projeto consiste na troca de lâmpadas ineficientes, como as fluorescentes compactas e tubulares ou incandescentes, por novas com tecnologia LED. A substituição representa um ganho em eficiência energética, tanto na economia do recurso quanto na diminuição da fatura. “Todo o processo de troca, entre retirada das lâmpadas antigas e o descarte apropriado, assim como a instalação das lâmpadas em LED, é realizado por empresas contratadas pelas distribuidoras. Aliado a isso, a instituição beneficiada tem acesso a palestras e informações sobre o uso racional e seguro da energia elétrica”, afirma a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas. 

A iniciativa está alinhada ao compromisso da Neoenergia em investir em programas de eficiência energética voltados para o desenvolvimento sustentável. As lâmpadas LED gastam menos energia apesar de terem fluxo luminoso igual ao das fluorescentes, o que resulta em um modelo mais sustentável e eficiente. Além disso, elas duram até quatro vezes mais do que uma fluorescente e não possuem materiais tóxicos na sua composição, como o mercúrio.

Para participar do projeto, a instituição precisa atender a alguns requisitos, como ser unidade consumidora do poder público ou sem fins lucrativos de caráter essencialmente filantrópico ou assistencial. Além disso, o prédio deve ser próprio e localizado nos municípios de concessão sob responsabilidade das distribuidoras da Neoenergia. Todos aqueles que se enquadram nas exigências podem enviar e-mail paraeficiencia@neoenergia.com para avaliação do pedido e viabilidade técnica.

INSTITUIÇÕES BENEFICIADAS

A Neoenergia fez um levantamento de todas as instituições federais e estaduais de ensino superior beneficiadas com o projeto no último ano. Na Celpe, concessionária da empresa em Pernambuco, foram instaladas 66.261 lâmpadas Led entre maio de 2019 e setembro de 2020. As intervenções aconteceram no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em cinco cidades - Recife, Vitória de Santo Antão, Abreu e Lima, Serra Talhada e Cabo de Santo Agostinho. Está previsto pelo programa a contemplação de 4.500 novas lâmpadas na UFPE, em adição às 53 mil já instaladas na universidade.

Na Cosern, distribuidora da Neoenergia no Rio Grande do Norte, já foram 35.610 lâmpadas LED instaladas somente de março a setembro de 2020. A iniciativa contemplou cinco instituições - Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP) e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) em três cidades - Caraúbas, Natal e São Gonçalo do Amarante. A previsão é que a UFRN, que já foi beneficiada no campus em Macaíba, também seja contemplada no campus de Natal com 5.200 lâmpadas instaladas.

Já na Bahia, estado de atuação da Coelba, foram 26.267 lâmpadas Led instaladas entre maio de 2019 e junho de 2020. A substituição aconteceu em quatro instituições - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Instituto Federal de Educação da Bahia (IFBA), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) em sete cidades - Salvador, Cruz das Almas, Amargosa, Ipiaú, Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim e Itaberaba. A previsão é que o programa chegue também ao Campus Eunápolis da IFBA e na Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA).  

Em São Paulo, entre os 223 municípios que compõem a área de concessão da Elektro, a quantidade de lâmpadas instaladas chega a 10.686 nos últimos quatro meses. As instituições beneficiadas foram o Instituto Federal de Educação de São Paulo (IFSP), a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), a Universidade Estadual Paulista (UNESP), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) em quatro cidades – Registro, Iporanga, Limeira e Araras. Nos próximos meses, o programa vai chegar no campus da UNESP localizado em Rosana, além da instalação de mais 5.412 lâmpadas na UNICAMP e na UFSCAR.

 

 Ocultar | Mostrar mais +

Quero:

Informações Relacionadas