25/09/2020

Comprometimento com o Desenvolvimento Sustentável marca ações da Neoenergia

    compromisso social
  • Sim
  • Sim
  • Sim

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, composta por 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas 169 metas, completa cinco anos nesta sexta-feira, 25 de setembro. Lançado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o documento compartilha uma agenda universal que equilibra as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental. No Brasil, a Neoenergia coloca em prática os ODS por meio de diversas iniciativas. Entre eles, a companhia destaca o ODS 7, determinado a assegurar o acesso confiável e sustentável à energia, e o ODS 13, que busca a adoção de medidas urgentes para o combate às mudanças climáticas.

“A crise global provocada pela pandemia de Covid-19, responsável por demonstrar e por nos fazer refletir sobre tantas fragilidades e vulnerabilidades, torna ainda mais urgente a necessidade de iniciativas que fortaleçam a saúde e a economia, bem como as condições de vida das pessoas afetadas por tal cenário. Diante disso, as metas definidas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ganham maior importância. O papel de empresas como a Neoenergia, que se comprometem com atitudes e exemplos estruturantes para um mundo mais sustentável e mais inclusivo, se torna ainda mais relevante", declara o superintendente de Inovação e Sustentabilidade da Neoenergia, Francisco Carvalho. A Agenda 2030 é complementada pelo Acordo de Paris para o clima, no qual os 196 países-membros das Nações Unidas e a União Europeia se comprometeram em limitar o aumento da temperatura global em 2°C em comparação com os níveis pré-industriais.

FOCO DA NEOENERGIA

Para contribuir com o ODS 7 – energia limpa e acessível – a Neoenergia se destaca por ser a empresa do Grupo Iberdrola que mais contribui para o alcance da meta global do “acesso à eletricidade para todos", com mais de 5 milhões de beneficiários do programa Luz para Todos e novas ligações de clientes baixa renda.

Outro ponto focal da Neoenergia é o ODS 13 – ação contra a mudança global do clima. Para isso, a companhia investe em energias renováveis como eólica e hídrica. No momento, as fontes renováveis correspondem a 86,8% da capacidade instalada de geração da companhia. Até 2022, esse valor deve chegar a 90%, um perfil ainda mais limpo do que o brasileiro, com a conclusão de dois complexos eólicos no Nordeste: Chafariz, na Paraíba, e Oitis, entre a Bahia e o Piauí. Também se compromete com a descarbonização da economia por meio de atitudes como a redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Somente em 2019, em suas atividades produtivas, a Neoenergia reduziu suas emissões em aproximadamente 9.000 tCO2e (toneladas de CO2 equivalente) nas emissões diretas quando comparado ao ano de 2018. Outro ponto que merece destaque é a redução da intensidade de emissão por energia produzida, que em 2019 ficou em 70 g CO2 por cada KWh de energia gerada.

As ações da empresa no cumprimento dos ODS englobam ainda outros objetivos, como o do ODS 6, voltado à assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos; do ODS 9, que busca construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação; do ODS 15, que determina a proteção, recuperação e promoção do uso sustentável dos ecossistemas terrestres, além de tratar do gerenciamento de forma sustentável das florestas, do combate a desertificação, da detenção e reversão da degradação da terra e prevenção da biodiversidade; e do ODS 17, que visa fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

COMO COLABORAR COM O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

“Contribuir com os ODS significa promover uma sociedade mais inclusiva e sustentável, onde podemos viver de forma igualitária, justa e com respeito pela natureza. É por isso que a Agenda 2030 é tão importante. Afinal, por meio de cada Objetivo de Desenvolvimento Sustentável descrito, ela estabelece e orienta as formas mais adequadas sobre como devemos agir para erradicar a pobreza, diminuir as desigualdades e proteger o planeta. Essenciais, portanto, são as atitudes e o compromisso de todos – governos, empresas e cidadãos, com esses princípios", afirma Francisco Carvalho.

Ou seja, todos podem contribuir para essa mudança, pois pequenas atitudes no cotidiano resultam em grandes resultados, como as ações de eficiência energética. Apagar as luzes e aproveitar a luminosidade natural durante o dia, assim como desconectar da tomada aparelhos eletrônicos que não estejam sendo utilizados, são iniciativas simples e sustentáveis.

CINCO ANOS DA AGENDA 2030

Em 25 de setembro de 2015, os 193 Estados-membros da ONU aprovaram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. A iniciativa tem cinco pilares fundamentais, conhecido como os 5Ps: pessoas, planeta, prosperidade, paz e participação coletiva. Os 17 ODS concretizam os valores e princípios da Agenda, de forma a implementá-la com resultados práticos e mensuráveis.


 

Quero:

Informações Relacionadas