Contra as Mudanças Climáticas

  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​​​​​​​​​​​​​​O compromisso ambiental do Grupo Neoenergia

O setor elétrico tem um papel chave para atingir o propósito determinado pelo histórico Acordo de Paris para limitar o aumento da temperatura do planeta abaixo de 2º C, deixando a porta 1,5º C aberta. 


O Grupo Neoenergia está plenamente alinhado com esse propósito e aborda a mudança climática em sua estratégia de negócio, por meio de sua Política Contra as Mudanças Climáticas  e do compromisso firmado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), notadamente o ODS 13, Ação Contra a Mudança Global do Clima.


 ​​​






EIXOS DE ATUAÇÃO CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

A companhia se compromete a assumir uma posição de liderança na luta contra a muda​nça climática, promovendo uma cultura social orientada a fomentar a sensibilização de todos os seus grupos de interesse sobre a magnitude desta provocação e os benefícios associados, identificando ações concretas no âmbito da mitigação e da adaptação.








APOSTAMOS EM UM FUTURO DESCARBONIZADO
 


O Grupo Neoenergia quer contribuir ativa e decididamente para um futuro sustentável e de baixo carbono, esforço que impulsionará o desenvolvimento social e econômico do país por meio da geração de emprego e renda. 


A estratégia da Neoenergia está alinhada aos objetivos do Acordo de Paris, firmado em 2015 por 195 países e no qual o Brasil assumiu o compromisso de reduzir em 37% as emissões de gases de efeito estufa até 2025 na comparação aos níveis de 2005, chegando a uma redução de 43% em 2030. O país se comprometeu, até 2030, a aumentar em 18% a participação de energia sustentável em sua matriz energética, alcançar 45% de energias renováveis nessa composição, além de restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas.

A Neoenergia está plenamente engajada nesse pacto e aborda a mudança climática não apenas como um fator de risco, mas também como uma oportunidade a ser aproveitada por meio de ações de mitigação e adaptação durante a transição para uma economia de baixo carbono. A diversificação dos ativos de geração da companhia – combinando fontes hídricas, eólicas e térmicas – permite gerenciar melhor os riscos das variações climáticas. A empresa está posicionada para aproveitar as oportunidades graças ao seu papel de destaque em energias renováveis, redes inteligentes, armazenamento e digitalização, todas elas fundamentais na transição para uma economia de baixo carbono e resiliente ao clima. 


Em 2018, a energia gerada pelo Grupo foi de 13.745 GWh, considerando proporcionalmente a participação acionária da Neoenergia em cada empreendimento, sendo 58,6% provenientes das hidrelétricas, 26,4% das usinas térmicas e 15,0% dos parques eólicos. A capacidade instalada de geração em fontes renováveis foi de 84,5%. 


​​

Nesse contexto de geração, a intensidade de emissões de CO2 da companhia em 2018 foi de 96 gCO2/kWh, número este que demonstra a contribuição da empresa no atingimento da meta global dogrupo Iberdrola​, que é chegar a menos de 150 gCO2/kWh até 2030.

Conheça outras iniciativas da Neoenergia sobre o tema no Relatório de Sustentabilidade​ da empresa.

Aqui ​ você pode obter mais informações sobre a contribuição da Neoenergia para a liderança mundial do grupo Iberdrola em energias renováveis.










 ShP - Certificado Verde ‭[1]‬

Quero:

Informações Relacionadas