10/05/2021

Neoenergia realiza operações e recupera energia suficiente para abastecer mais de 970 mil clientes

    operacoes
  • Sim
  • Sim
  • Sim


Em ações de inspeção, fiscalização e regularização foram recuperados pelas distribuidoras da empresa cerca de 166,6 GWh de janeiro a março de 2021 

  

Ações de prevenção e combate a desvios de energia realizadas pelas distribuidoras da Neoenergia levaram à recuperação de cerca de 166,6 GWh de janeiro a março de 2021. Essa energia é suficiente para abastecer cerca de 976 mil clientes residenciais por mais de um mês. Esse volume é maior que, por exemplo, o número de habitantes de Natal, capital do Rio Grande do Norte. O número se refere ao acumulado pelas concessionárias Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP e MS) e em apenas 28 dias de operações da Neoenergia Distribuição Brasília. Na nova empresa do grupo já foram recuperados mais de 68% da média anual nos últimos 5 anos. Para alcançar esses resultados positivos, são realizadas ações como inspeções e regularização de clientes, com o uso de soluções inovadoras, como analytics e sensores inteligentes. 

“A tecnologia nos permite agir de forma estratégica e assertiva, combatendo desvios com mais eficiência, seja com foco em consumidores residenciais e empresariais ou na iluminação pública. Além de permitirem a recuperação de energia, essas ações permitem que as pessoas tenham acesso aos serviços de forma regular e segura”, afirma o diretor de Serviços ao Cliente da Neoenergia, Luiz Flávio Sá. 

No primeiro trimestre, foram realizadas 136 mil inspeções, recuperando mais de 88 GWh nas áreas de concessão de quatro distribuidoras – Coelba, Celpe, Cosern e Elektro. Nessas ações, as empresas substituíram 115 mil medidores obsoletos e/ou com possíveis defeitos, uma das estratégias para prevenir desvios de energia. Nos 28 dias de gestão na Neoenergia Distribuição Brasília, ocorreram 237 inspeções em clientes do Grupo A (grandes indústrias e comércios), recuperando aproximadamente 6 GWh, e cerca de 4 mil em consumidores do Grupo B (residências e pequenas empresas), recuperando mais de 5 GWh. 

Uma das iniciativas de modernização que contribuem no combate aos desvios é a blindagem de redes, em que as concessionárias do grupo promovem a implantação de novos padrões de rede e a substituição de equipamentos, como cabos e medidores. Uma das principais mudanças é a troca dos medidores, que deixam de ser instalados na fachada ou dentro dos imóveis e passam a integrar um Sistema de Medição Centralizado (SMC), ficando conectados aos postes das distribuidoras, permitindo a telemedição. Com isso, os equipamentos podem ser acompanhados remotamente para executar serviços e identificar interferências na medição. 

Outra ação realizada pelas distribuidoras da Neoenergia é a regularização de clientes clandestinos, ou seja, a instalação de medidores de energia para consumidores que ainda não têm o equipamento e, portanto, estão irregulares. A solicitação pode ser feita às concessionárias e a ligação é feita de forma gratuita. Entre janeiro e março de 2021, Coelba, Celpe, Cosern e Elektro regularizaram 23 mil clientes, sendo 71 de grande porte, o que resultou em mais de 25 GWh recuperados. Em Brasília, foram regularizados mais de mil consumidores clandestinos, que agregarão 6 GWh em 2021. 

Iluminação pública 

Entre as principais ações de combate a desvios de energia, está o levantamento e a fiscalização de parques de iluminação pública. No primeiro trimestre do ano, foram realizadas iniciativas em mais de 138 mil pontos das áreas de concessão, totalizando uma energia recuperada de 35 GWh. Nesse trabalho as distribuidoras utilizam uma tecnologia robusta capaz de executar data analytics, ou seja, a análise dos dados com inteligência. Nesse caso, são usadas como base imagens de satélite, que são comparadas com as informações de cadastro. Os sistemas conseguem verificar se o número de postes e a localização deles equivale aos dados que estão catalogados na empresa. 

Parceria 

As distribuidoras da Neoenergia conseguiram recuperar ainda 1,6 GWh em 36 ações com apoio policial. A tecnologia também uma aliada para definir as localidades onde serão realizadas essas operações. A companhia possui sensores inteligentes instalados em locais estratégicos, considerando estudos de alta complexidade, que permitem acompanhar o balanço energético da rede. Os equipamentos possibilitam a identificação de perdas, para subsidiar o trabalho. 

Denúncia 

Os desvios de energia prejudicam todos os clientes, já que promovem modificações inapropriadas na rede, trazendo riscos à vida, e parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por isso, a Neoenergia reforça a importância de denunciar fraudes. As denúncias são feitas de forma anônima pelas Centrais de Relacionamento ou direto nos sites das distribuidoras, na parte de Canais de Atendimento > Denúncia de Irregularidade. 


Central de Relacionamento para denúncia anônima: 

Coelba/Celpe/Cosern: 116 

Elektro: 0800 701 01 02 

Neoenergia Distribuição Brasília: 116 

  

Canais de atendimento digitais (Site e WhatsApp): 

Coelba www.coelba.com.br | (71) 3370-6350 

Celpe www.celpe.com.br | (81) 3217-6990 

Elektro www.elektro.com.br | (19) 2122-1696 

Cosern www.cosern.com.br | (84) 3215-6001 

Neoenergia Distribuição Brasília www.neoenergiabrasilia.com.br ​


Quero:

Informações Relacionadas