20/07/2020

Neoenergia cria soluções inéditas para reduzir impactos ambientais em obras de transmissão

    transmissão
  • Sim
  • Sim
  • Sim

 

A preservação do meio ambiente é prioridade para a Neoenergia. Pensando nisso, a empresa criou uma solução inédita cuja importância foi reconhecida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Para reduzir os impactos ambientais da construção de linhas de transmissão essenciais que irão reforçar o sistema elétrico do Mato Grosso do Sul, previstas no Lote 4 do Leilão 005/2016 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a companhia construiu três quilômetros de estivas de madeira de eucalipto (não tratado) para acessar as torres de transmissão, evitando o aterramento de áreas alagadas e, assim, contribuindo com a conservação da biodiversidade e da paisagem locais. A previsão é que o uso dessa metodologia se estenda para outros projetos em locais que têm características de relevo semelhantes.

A solução foi adotada em dois trechos de linhas de transmissão do lote, que somam cerca de 200 quilômetros de extensão, passando por áreas de Mata Atlântica e Cerrado e terrenos alagados por influência do rio Paraná. Para a instalação das estivas, foram usadas toras de madeira de eucalipto não tratado, treliçadas perpendicularmente e fixadas por pinos de aço de vergalhões. A necessidade de terraplanagem foi reduzida e a retirada de vegetação não foi necessária. Durante a construção da linha de transmissão, as estivas serão usadas para o transporte de peças e equipamentos para içar as torres e, após o início da operação comercial do empreendimento, poderão também servir para as atividades de manutenção.

“Com isso, preservamos a estrutura hídrica e reduzimos os impactos ambientais, a ponto de o Ibama reconhecer que esse dispositivo é muito benéfico ao meio ambiente e efetivo do ponto de vista de obras e recomendar que essa metodologia seja usada em outros empreendimentos licenciados no Brasil”, afirma José Anchieta, superintendente de meio ambiente e fundiário da diretoria de transmissão da Neoenergia​.​

O boletim informativo da Diretoria de Licenciamento Ambiental do órgão apontou que, em vistoria, foram encontradas interações ecológicas e a presença de fauna e flora, indicando o equilíbrio no local, com plantas aquáticas em floração e animais como abelhas e borboletas. O documento confirma que as estivas provocam menor impacto sobre a paisagem, mostrando que a metodologia representou grande diferencial para o meio ambiente.  ​​






Quero:

Informações Relacionadas