29/03/2021

Neoenergia compartilha principais informações do funcionamento do poste e a importância da sua manutenção

    distribuicao
  • Sim
  • Sim
  • Sim

manutencao-postes

Com atuação preventiva, companhia renova, em média, 21 mil postes da rede todos os anos. Ao todo, mais de 10 milhões de postes formam seus ativos em suas cinco distribuidoras 

Os postes, acompanhados de cabos e conectores, formam os itens elementares para existência da rede de distribuição de energia. Isoladores, transformadores e chaves fusíveis são alguns dos equipamentos que complementam a estrutura que vai garantir a qualidade e segurança de todo o sistema, sendo itens fundamentais para que o fluxo de energia possa chegar aos locais de consumo. Considerando as áreas de concessão das cinco distribuidoras da Neoenergia, na Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN), Elektro (SP/MS) e Neoenergia CEB-D​ (DF), são mais de 10 milhões de postes, espalhados por cinco estados e o Distrito Federal. Mas qual a função do poste na rede elétrica e quais as características dessas estruturas tão comuns e essenciais no transporte da energia? 

A altura média de um poste na rede de distribuição é de 11 metros e eles podem ser feitos de concreto ou de fibra de vidro revestidos com poliéster. Para garantir a sua estabilidade, durante a instalação, parte da estrutura é enterrada no solo – considerando um poste de 11 metros, por exemplo, cerca de dois metros serão enterrados. Muitas vezes, a depender das condições do terreno, podem ser utilizados componentes para ajudar a fixação do poste, a exemplo de manilhas de concreto pré-fabricadas e concretagem da vala ao redor da base do poste. Isso é feito de modo a contribuir no processo de instalação e garantir a estabilidade da estrutura e da rede. 

Plano de manutenção 

Anualmente, as distribuidoras da Neoenergia realizam o plano preventivo de manutenção e expansão de redes, que leva em conta critérios técnicos da rede, incluindo postes, transformadores, condutores e demais componentes. Em média, são substituídos 21 mil postes todos os anos, levando em consideração apenas o plano preventivo de manutenção. As atividades integram o planejamento anual da companhia que fiscaliza os alimentadores – conjunto que abrange postes, transformadores e cabos –, garantindo que eles funcionem adequadamente. Aliado a isso, a Neoenergia tem o controle de todos os seus postes, que podem ser geolocalizados de acordo com um código inscrito neles, facilitando trabalhos de manutenção ou reparos emergenciais. 

Superintendente de Redes e Subestações da Neoenergia. Jader Carneiro, destaca a importância estratégica dos planejamentos de manutenção e expansão de redes a fim de manter e melhorar os ativos da empresa. “As ações são feitas com base em estudos e dados reais de campo fornecidos por diversas áreas da empresa. A partir daí, é possível executar ações que ampliam a capacidade da rede, como a troca de postes, cabos e transformadores, além de planos preventivos de manutenção. Dessa forma, geramos segurança para os clientes, garantindo a qualidade da energia e continuidade do fornecimento”, afirma. 

Conheça mais detalhes sobre as estruturas: ​


Quero:

Informações Relacionadas