29/12/2020

Instituto Neoenergia digitaliza projetos e realiza ações emergenciais em ano de pandemia

    compromisso social
  • Sim
  • Sim
  • Sim

O ano foi marcado pela pandemia de Covid-19, que impôs o distanciamento social e aumentou a demanda por ações emergenciais para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade. Diante das dificuldades, o Instituto Neoenergia, braço social da companhia, destinou recursos a doações para diversas iniciativas no país e digitalizou parte dos seus projetos, capacitando representantes de organizações não-governamentais através de treinamentos online. Entre os destaques estão a aceleração de ONGs e negócios de impacto por meio do Programa Impactô, a entrega de quentinhas no Projeto Pessoas e Negócios Saudáveis e as doações de R$ 600 mil para o Fundo Transforma Brasil e de R$ 150 mil para instituições que atuam no Pantanal, bioma atingido em 2020 pelas maiores queimadas dos últimos 50 anos. 

“Quando a pandemia chegou ao Brasil, tivemos que parar tudo por alguns dias para refletir sobre os novos passos que precisaríamos dar. Tínhamos duas certezas: a primeira é que os projetos não podiam parar, principalmente aqueles que atendiam aos mais vulneráveis e que passariam a contar ainda mais com a nossa participação. E a segunda é que precisaríamos atender de forma emergencial a mais pessoas, afetadas severamente pela crise sanitária e econômica que se instalava a partir daquele momento”, conta a diretora-presidente do Instituto Neoenergia, Renata Chagas. 

mulheres empreendedoras preparando quentinhas para distribuiçãoDesde o início da pandemia, foram destinados R$ 600 mil para o Fundo Transforma Brasil, que deu assistência durante a pandemia a centenas de famílias na Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro, com a entrega de 12 mil cestas básicas. Foi realizada também a entrega de 70 mil quentinhas no Projeto Pessoas e Negócios Saudáveis no Rio de Janeiro e em São Paulo, beneficiando cerca de 2,5 mil pessoas e capacitando 23 empreendedores locais para a produção das refeições. Na ação anual Natal Solidário, foram distribuídas 1.098 cestas básicas e kits de higiene a famílias de comunidades das áreas de influência dos parques eólicos da Paraíba e Rio Grande do Norte. 

Com foco em organizações que atuam no combate à covid-19 e aos efeitos da pandemia, o Programa Impactô acelerou 16 ONGs e negócios de impacto no Rio de Janeiro e em São Paulo. Todas receberam capacitação e o aporte de R$ 20 mil como ajuda emergencial. Além disso, no programa DROPs, em parceria com o Porto Social, 35 iniciativas sociais que trabalham diretamente com comunidades do Recife foram capacitadas por meio de aulas remotas. Também através de cursos on-line, o projeto Caravana Energia que Transforma beneficiou 149 gestores culturais do Rio Grande do Norte.  

Foi lançada em 2020 a página Educação em tempos de pandemia, um espaço dentro da plataforma on-line Balcão de Ideias para que os professores e gestores escolares de todo Brasil compartilhem boas práticas de aprendizagem e encontrem informações sobre educação. O Instituto Neoenergia contou com o envolvimento de 489 profissionais de educação das redes municipais de ensino de nove municípios da Paraíba, do Rio Grande do Norte, de São Paulo e da Bahia, para capacitação dentro do projeto. 

CONSERVAÇÃO E BIODIVERSIDADE

Entre as iniciativas realizadas este ano com foco na preservação do meio ambiente está a doação de R$ 150 mil para as ONGs Instituto Arara Azul e SOS Pantanal, para minimizar os efeitos dos incêndios que devastaram 27% do Pantanal. Além disso, em 2020, o Instituto Neoenergia deu continuidade à terceira fase do projeto Flyways, com censos de 22 espécies de aves migratórias e limícolas, além do lançamento de um livro digital de colorir para crianças.  

O projeto Coralizar foi fortemente impactado pela pandemia, devido à impossibilidade de realização de uma expedição que estava programada ao Atol das Rocas. Mesmo assim, foram iniciados os estudos sobre a espécie invasora Coral-Sol, uma ameaça à biodiversidade do ecossistema marinho.  

DE OLHO NO FUTURO

Houve um recorde de 174 projetos inscritos no edital Transformando Energia em Cultura, no Rio Grande do Norte, dos quais 15 foram selecionados para execução em 2021. Os projetos atuam na inclusão de crianças e jovens em vulnerabilidade social e contribuem com a redução das desigualdades, por meio da arte pela geração de emprego e renda. 

O Instituto Neoenergia promove iniciativas com o ​objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida nas comunidades onde a companhia atua​, em diversas áreas, como formação e pesquisa, arte e cultura, biodiversidade e mudanças climáticas. Os projetos estão colaboram diretamente com o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, com os quais a Neoenergia tem compromisso. 

 

 Ocultar | Mostrar mais +

​​


Quero:

Informações Relacionadas