28/03/2020

Distribuidoras da Neoenergia realizam visitas técnicas especiais a hospitais, companhias de saneamento e presídios

    clientes
  • Sim
  • Sim
  • Sim

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

O mundo está se unindo para combater o COVID-19​. Profissionais de saúde têm se desdobrado no cuidado aos pacientes e nos estudos sobre a nova doença. Mas, além deles, há outra categorias que vêm trabalhando para garantir que não falte a energia necessária ao funcionamento dos hospitais.  


Colaboradores da Neoenergia estão realizando vistorias técnicas especiais em mais de 1,2 mil unidades de saúde, em um esforço para garantir a energia que mantém ligadas desde as luzes até equipamentos como os aparelhos respiradores. O trabalho dos técnicos das distribuidoras, Coelba, Celpe, Cosern e Elektro, é de identificar soluções para fatores que podem causar eventuais problemas na rede elétrica que atende a esses hospitais. 



Em Pernambuco, a Celpe mapeou 400 hospitais para as vistorias. No estado vizinho da Bahia, a Coelba está atendendo 562 unidades, sendo 149 hospitais prioritários e 413 centros de saúde. A Cosern está fazendo inspeções em 70 no Rio Grande do Norte. No interior de São Paulo e no Mato Grosso do Sul, são 178 hospitais visitados pela Elektro.​

São feitas inspeções em subestações, redes, cabines. De acordo com a necessidade, pode haver, por exemplo, a poda de árvores, a elaboração de projetos para avaliar a capacidade instalada e a análise dos geradores. Há, além das visitas técnicas, um canal direto entre os hospitais e as distribuidoras de energia para que seja feito um atendimento mais ágil em caso de emergências envolvendo a rede elétrica. 


Trabalho semelhante tem sido feito pelas empresas (Coelba, Celpe, Cosern e Elektro) em 114 unidades de companhias de saneamento e 45 unidades prisionais dos estados atendidos por elas. E para quem está na operação, a Neoenergia também adotou medidas preventivas. Foi instituída uma rotina de higienização das mãos e de limpeza de equipamentos. Além disso, houve mudanças em escalas de trabalho, evitando aglomerações. 



​​Para os funcionários de outras áreas a companhia, igualmente, implementou uma série medidas, inclusive o sistema de home office, mantendo todas as suas atividades e o compromisso com qualidade dos seus serviços. No total, a Neoenergia tem 12 mil funcionários, em 14 estados do país. 

​ 


Esta iniciativa faz parte da resposta do grupo Iberdrola ao Coronav​írus​.












Quero:

Informações Relacionadas