Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Dia da Mulher

  dia-internacional-da- mulher.png












Em 1919, Edith Clarke se tornava a primeira engenheira eletricista do mundo. Formada pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Clarke contribuiu, poucos anos depois, para a resolução de problemas em linhas de transmissão de energia, patenteando a solução com sua calculadora gráfica. 

No Brasil, em 1950, Maria Luiza Soares Fontes, se tornou a primeira mulher engenheira eletricista do país, recebendo sua diplomação das mãos do então presidente Juscelino Kubitschek. Hoje, após esforços pela representatividade que foram iniciados há 100 anos, por Clarke e continuados por Maria Luiza, diversas mulheres contribuem diariamente para o desenvolvimento de toda a sociedade por meio da energia elétrica, inclusive no Grupo Neoenergia. 

Conheça a história de algumas das nossas colaboradoras, responsáveis por contribuir com a missão de levar a energia para mais de 34 milhões de pessoas.​ 

Carla Saldanha 
Gerente de Saúde e Segurança na Bahia

carla-saldanha-gerente-de-saude-e-seguranca-da-coelba.jpg

Carla Saldanha iniciou sua carreira, em 2005, na área operacional de uma empresa no Polo Petroquímico de Camaçari (BA), um espaço majoritariamente masculino. Trabalhou com uma equipe de 56 homens, sendo a única mulher. Seu talento a tornou líder dessa equipe e seis anos depois, após uma promoção, assumiu a gerência da área de segurança na mesma multinacional, coordenando colaboradores em países da América Latina. Começou a atuar no setor elétrico em uma distribuidora de energia da França, passando pelo Reino Unido e Dinamarca. Desde 2017 é gerente de Saúde e Segurança da Coelba, empresa do Grupo Neoenergia.  Motivada pelo desafio de entregar sempre o seu melhor, Carla superou os desafios da liderança através do autoconhecimento e qualificação técnica. Sabia que a sua posição poderia ser questionada — por causa da baixa representatividade das mulheres negras na liderança, mas também sabia onde queria chegar e o que era necessário fazer: resultados consistentes através de uma equipe sólida. Carla Saldanha é mais uma mulher que não vê limites para sua atuação.

“Não defini meu futuro em função da minha origem, pois a minha história ainda seria escrita. Para isso é muito importante saber aonde quer chegar, com essa decisão, a mulher pode conquistar o que ela desejar. Se você pensa que pode, você pode!”.

 ​​​​​​

licia-deniles-gestora-da-regional-rn-2-no-rio-grande-do-norte.jpgLícia Deniles
Gestora da Regional RN2 no Rio Grande do Norte
 

Lícia Deniles é a única mulher na gestão de um Parque Eólico no Brasil. Desde 2013, está sob sua responsabilidade à produção de energia no Parque Rio do Fogo, um dos mais antigos parques eólicos do Grupo Neoenergia. Em 2017, assumiu também a gestão dos parques Mel e Arizona. São mais de 60 km para chegar até seu local de trabalho, mas nenhuma distância é capaz de tirar a motivação de uma mulher que há mais de 15 anos pesquisa e desenvolve soluções para geração de energia limpa e sustentável.  Em um mercado predominantemente masculino, Deniles nem sempre foi motivada pelos colegas: “Será melhor para você mudar de área; Trabalhar em um setor que tenha mais mulheres”, escutou. Essa foi a oportunidade para mostrar sua dedicação e capacidade. Foi aluna da primeira turma da pós-graduação de Energia Eólica do Brasil, pela UFRN e realizou um curso na Universidade de Gotland (Suécia). Superou barreiras e muito orgulhosa da sua carreira profissional, Lícia tem como sua maior realização pessoal a formação da sua família, composta do seu marido e sua cachorrinha Morgana. 


"Demos continuar lutando por nossas posições, direitos e sermos profundamente agradecidas a todas as mulheres que lutaram por nós no passado”.​​


Carla Pinho
Secretária Executiva da Diretoria de Regulação no Rio de Janeiro

carla-pinho-secretaria-da-diretoria-no-rio-de-janeiro.jpg

Carla Pinho começou sua carreira profissional como comissária de bordo em uma companhia aérea, na Holanda.  Depois de alguns anos resolveu mudar de profissão, para isso conciliou a rotina de trabalho, às aulas e anos depois começava uma nova caminhada como Secretária Executiva. Desde 2013 é Secretária Executiva da Diretoria de Regulação na Neoenergia. Embora em uma posição onde a atuação da mulher é amplamente reconhecida, Carla ainda convive com os questionamentos: “Já recebi uma ligação perguntando se eu era da equipe ou apenas a Secretária. Respondi educadamente que era da equipe e, sim, também a Secretária Executiva da Diretoria de Regulação. A conversa continuou normalmente”. Ela superou as dificuldades dos termos técnicos do setor elétrico, dos números e objetivos que passam pelo setor de regulação, e há seis anos prova que tudo pode ser conquistado com dedicação. Com muita coragem para construir novos caminhos, Carla Pinho, aos 49 anos, se prepara para a chegada de mais um bebê – está grávida de quatro meses e já é mãe de uma adolescente de 17 anos. Carla sabe que o espaço de uma mulher é onde ela quiser.


“Queridas mulheres, amigas e colegas de trabalho, dizem que somos multitarefas... É verdade! É muito bom ser capaz de estudar, nos desenvolvermos, aprender sempre, formar família e ter filhos – para quem optar por esse caminho, trabalhar, participar da economia e conquistar nosso espaço. Muito importante também é reservar o tempo precioso para cuidar da nossa saúde física e mental. É possível!”.