Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
 
                                           
Termope é a primeira empresa da Neoenergia a ser certificada na norma de Saúde e Segurança do Trabalho pela AENOR 

Termopernambuco, controlada integralmente pelo Grupo Neoenergia, recebeu na última semana a certificação de recomendação da nova norma de Saúde e Segurança do Trabalho (ISO 45001:2018), pela Associação Espanhola de Normalização e Certificação (AENOR). A Termope já possuía a certificação no setor de operação e manutenção, atendendo as normas de Qualidade (ISO-9001:2015) e Gestão Ambiental (ISO 14001:2015) impostas pela AENOR. Com o novo reconhecimento, todo o processo de geração de energia elétrica da termelétrica está certificado.

Criada em 2018, a norma ISO 45001 especifica os requisitos para um sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional (SSO) e fornece orientação para o seu uso, permitindo que indústrias e organizações de todos os portes proporcionem locais de trabalho seguros e saudáveis, prevenindo lesões e problemas de saúde entre seus colaboradores.

A implementação da ISO 45001 trará alguma mudanças na operação da termoelétrica, dentre elas estão a consulta e participação dos colaboradores próprios e terceiros na construção de um ambiente seguro e o aprimoramento dos controles relacionados aos riscos.

A mudança de escopo da certificação, que antes contemplava apenas a Operação e Manutenção, era um dos principais objetivos da Termope para este ano. Assim, a Termope passa a ser a primeira unidade da Neoenergia e Iberdrola Espanha a ser certificada na ISO 45001. 

               Dario Zalis-4661.jpg














Sobre Termopernambuco:

A Termopernambuco (Termope), geradora do Grupo Neoenergia, é responsável pela implantação e operação da Usina Termoelétrica (UTE). O empreendimento possui a capacidade de gerar até 532 MW, a partir de três turbinas em sistema de ciclo combinado. Esse sistema funciona a partir de um processo que combina a operação de duas turbinas à gás, movida pela queima de gás natural, junto com a de uma turbina à vapor.​


​​​​​​​​