Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
​Neoenergia sobe 12 posições e é o 24º maior grupo empresarial do Brasil

A Neoenergia, controlada pelo grupo espanhol Iberdrola, subiu 12 posições no ranking dos 200 maiores grupos do Brasil, passando da 36° para a 24ª colocação no anuário Melhores e Maiores 2018, divulgado ontem (13/8) pela revista Exame, em São Paulo. A Neoenergia Comercialização avançou 240 posições no ranking das maiores empresas do Brasil e agora é 309ª colocada entre as 500 líderes em vendas. A comercializadora da Neoenergia também é a 5ª empresa do país com maior geração de riqueza por empregado (sendo a 3ª no setor de energia nessa categoria). Já o Grupo Iberdrola domina o ranking das maiores empresas espanholas no Brasil, com quatro entre as dez líderes (Coelba, Elektro, Celpe e Neoenergia Comercialização).  

No setor de energia, a comercializadora é a 7ª colocada entre as 15 melhores empresas em desempenho financeiro. Também é a 5ª maior em crescimento de vendas e a 8ª em rentabilidade. A Coelba, distribuidora da Neoenergia na Bahia, é a 8ª em liderança de mercado e a 10ª em vendas.

As outras companhias do grupo também tiveram bons resultados: a Coelba subiu da 77ª para a 65ª posição entre as 500 maiores empresas do país em vendas; a Elektro, da 118ª para 101ª; a Celpe, da 121ª para 111ª; e a Cosern, da 352ª para a 331ª. Entre as 50 maiores em serviços, a Coelba foi da 23ª para a 18ª posição, a Elektro, de 34ª para 27ª e a Celpe, de 35ª para 31ª. E entre as 50 maiores pagadoras de dividendos, a Elektro subiu da 27ª para a 15ª posição e a Cosern, da 22ª para 16ª. 

O ranking da revista Exame está na 45ª edição e é feito com base em análises dos balanços das empresas, feitas em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi) da Universidade de São Paulo (USP).

nicanor-fragoas-presidente-nc.jpg














O presidente da Neoenergia Comercialização, Nicanor Fragoas, na cerimônia de premiação







 
​​​​​​