Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
​Iberdrola promove Prêmio Melhor Fornecedor do Ano​
​ 
*A empresa brasileira WEG foi reconhecida pela Iberdrola com o Prêmio Melhor Fornecedor do Ano 2018 no decorrer de um evento onde outras 11 empresas de oito nacionalidades também foram distinguidas.

*Ignacio Galán, Presidente do Grupo, destacou que “com os fornecedores respondemos hoje aos importantes desafios da ONU nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, para cuja consecução o papel das empresas, grandes e pequenas, é chave”.

*A Iberdrola visa com estes prêmios incentivar, promover e reconhecer o trabalho de seus fornecedores, fundamentais para a consecução dos objetivos estratégicos da Companhia. 

A Iberdrola entregou hoje os Prêmios Globais ao Fornecedor do Ano 2018, cuja finalidade é incentivar, promover e reconhecer o trabalho dos fornecedores do Grupo, fundamentais para a consecução dos objetivos estratégicos da Companhia.

Em concreto, a Iberdrola premiou o compromisso de seus fornecedores no âmbito da excelência, do desenvolvimento sustentável, da qualidade, da internacionalização, da inovação, da responsabilidade social corporativa, da criação de emprego e da prevenção de riscos no trabalho.

O ato, ocorrido nesta manhã no auditório do Campus Iberdrola de San Agustín del Guadalix (Madri), contou com a presença de cerca de 340 convidados, entre os quais estavam representantes de mais de 167 fornecedores da empresa de diferentes países e diversos setores.

Da mesma forma, e entre outros executivos da Companhia, estavam: o Presidente do Grupo, Ignacio Galán; o diretor-geral dos Negócios, Francisco Martínez Córcoles, o diretor-geral de Finanças e Recursos, José Sainz Armada; os diretores globais das áreas de Negócio Liberalizado, Aitor Moso, e Renováveis, Xabier Viteri, ou o diretor de Compras e Seguros, Asís Canales. 

Galán destacou durante a sua intervenção que com os fornecedores “respondemos hoje aos importantes desafios da ONU nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, para cuja consecução o papel das empresas, grandes e pequenas, é chave”.

Além disso, sublinhou que “a Iberdrola seguirá sendo um motor de crescimento industrial nos países onde está presente, exercendo um importante indutor nos milhares de fornecedores em todo o mundo”.

premio-global-fornecedor-do-ano-2018.JPGfornecedor-do-ano-2018.JPG


















Peça fundamental para desenvolver o plano de investimentos

Conforme o Presidente da Iberdrola, “somente profissionais competitivos, inovadores, eficientes e responsáveis podem nos ajudar a cumprir os nossos planos para o futuro.  Um futuro que visualizamos verde e digital”.

A Iberdrola, que dá emprego para mais de 400.000 pessoas através de suas compras, prevê encerrar o exercício com um volume de adjudicações superior a 9 bilhões de euros (5% a mais do que durante o ano anterior) a milhares de fornecedores em todo o mundo.

A maioria dos contratos foi para fornecedores dos países de referência para a Companhia - Estados Unidos, Espanha, Brasil, Reino Unido e México -, mas também para empresas de outros países onde o Grupo desenvolve grandes iniciativas, como é o caso de Portugal ou França. 

Algumas das adjudicações mais relevantes correspondem a projetos energéticos de primeira linha que a Companhia está promovendo atualmente, como o parque eólico marinho East Anglia One (Reino Unido); o complexo hidrelétrico do Tâmega (Portugal); a instalação fotovoltaica Núñez de Balboa (Espanha); os projetos de transmissão elétrica em curso no Brasil ou os parques eólicos terrestres norte-americanos​  Coyote, Otter Creek, Karankawa e Montague.

As empresas premiadas procedem de oito países

Os Prêmios Globais ao Fornecedor do Ano 2018 da Iberdrola constam de 12 categorias: Fornecedor do Ano; Equipamentos; Qualidade e Resposta de Serviço; Serviços Energéticos; Serviços não Energéticos; Meio Ambiente; RSC; Competitividade e Inovação; Diversidade e Igualdade; Segurança e Saúde no Trabalho; Serviços de Construção e Internacionalização. 

O prêmio ao Fornecedor do Ano foi para o fabricante brasileiro WEG, que se converteu no principal fornecedor de transformadores do Grupo e possui centros de produção em três países com uma especial relevância para a Iberdrola (Brasil, México e Estados Unidos), onde contribui para a criação de empregos local, mais de 29.000 trabalhadores.

Em Equipamentos foi vencedora a empresa Schneider Electric (França), um fornecedor histórico da Iberdrola que sempre se destacou pela qualidade e resposta no serviço e que foi premiado pelo seu apoio na implantação das redes inteligentes na Espanha. Na categoria Qualidade e Resposta de Serviço, a companhia premiada foi a norte-americana Northline Utilities, pela reação rápida, flexível e eficiente na resolução das incidências ocasionadas pelas tempestades.

A empresa espanhola Integral Management Future, com sede na Galiza, ganhou o prêmio na categoria Serviços Energéticos pelos trabalhos de operação e manutenção altamente eficientes que presta ao negócio de energias renováveis da Iberdrola na Europa. O prêmio de Serviços não Energéticos correspondeu à holandesa SHL, que realizou um impecável trabalho durante as fases de transporte e montagem da subestação offshore do parque eólico marinho East Anglia One, projeto de dimensões sem precedentes no setor renovável mundial.

O prêmio na categoria Meio Ambiente foi para a Aecom (Reino Unido) pela sua avaliação dos impactos nas atividades de redes elétricas realizada juntamente com a ScottishPower e Scottish Wildlife Trust. A mexicana Fonabec A.C., empresa que colabora com o projeto de voluntariado corporativo da Iberdrola Involve, foi premiada na categoria RSC pelo apoio (desde o ano 2000) que dá a mais de 13.000 jovens com poucos recursos no México para que possam continuar sua educação média e superior.

A premiada no âmbito da Competitividade e Inovação foi a Innova-TSN (Espanha), em reconhecimento pela sua aposta no desenvolvimento tecnológico como um dos seus principais pilares de crescimento, concretizada no inovador desenvolvimento da ferramenta Plataforma de Inteligência de Clientes.

O prêmio Diversidade e Igualdade reconheceu o trabalho da companhia brasileira ITB Equipamentos Elétricos que, além de ter ganho uma alta pontuação no scoring de RSC no Brasil, tem demonstrando um firme compromisso em matéria de igualdade, diversidade e direitos da mulher, realizando também atividades com jovens universitários e grupos sociais em risco de são de exclusão.

A Brown & Mason (Reino Unido) ganhou o prêmio de Saúde e Segurança no Trabalho por seus excelentes índices de segurança durante os trabalhos de demolição de Longannet, usina térmica onde foram necessárias mais de 200.000 horas para a retirada de resíduos. O fechamento desta usina de carvão, antigamente a maior da Europa, se enquadra no firme compromisso da Iberdrola com a descarbonização da economia.

O prêmio Serviços de Construção recaiu na companhia portuguesa Socorpena pelo seu incentivo ao emprego local nas obras realizadas no complexo hidrelétrico do rio Tâmega. A categoria de Internacionalização foi para a empresa de Guipúscoa Ibermática, pela sua longa trajetória com a Iberdrola nos projetos e trabalhos de tecnologia da informação e implantação de sistemas corporativos a nível internacional.

​​​​​​